Home-Notícias‎ > ‎

Governo

24/10/2018


Com apoio do Brasil, Moçambique fortalece produção de medicamentos

Fábrica instalada em 2012 no país africano beneficia moçambicanos

Ministério da Saúde e Fiocruz colaboram com capacitação técnica de moçambicanos - Foto: Maria Clara Machado/PR

A partir de 2019, a parceria entre Brasil e Moçambique vai permitir que a Sociedade Moçambicana de Medicamentos (SMM) dobre a produção de remédios. Com capacidade técnica para produzir 10 tipos de medicamentos diferentes para o tratamento de doenças como diabetes, hipertensão, doenças mentais e inflamações, a fábrica também vai fornecer 150 milhões de comprimidos de paracetamol ao país.  

Para o embaixador do Brasil em Moçambique, Rodrigo Baena Soares, esse tipo de cooperação também é importante porque ajuda no desenvolvimento de técnicas e impulsiona a geração de conhecimento também no Brasil. Ele também listou outras cooperações entre os dois países, como o banco de leite que está para ser inaugurado; o projeto de agricultura em áreas de savana; e o projeto de produção e processamento de algodão.

De acordo com o diretor da SMM, Evaristo Madime, outros cinco remédios poderão ser fabricados, pois os governos dos dois países decidiram procurar outros tipos de parcerias estratégicas para alargar o portfólio da sociedade. “O primeiro foco é a produção de medicamentos para o Serviço Nacional de Saúde, ou seja, medicamento hospitalar. Todavia, pouco a pouco nós estamos a entrar com o medicamento para o setor privado, seja para as farmácias e também distribuição pelas clínicas de serviço privado de saúde”, afirma.  




Governo condecora 85 profissionais da ciência, tecnologia e inovação

ciência

Homenagem abrangeu áreas como saúde, ciências sociais, biomedicina, entre outras. - Foto: Cesar Itiberê/PR

Como homenagem ao campo da ciência e tecnologia, personalidades, pesquisadores, professores e outros promotores do conhecimento que se destacaram 

em sua atuação profissional receberam nesta quarta-feira (17) medalhas de Ordem Nacional do Mérito Científico e Tecnológico.

Realizada no Palácio do Planalto, a cerimônia condecorou 85 pessoas como o engenheiro químico Pedro Wongtschowski, o cineasta João Moreira Salles, 

o biomédico José Nelson Onuchic, entre outros. A homenagem abrangeu profissionais de áreas como matemática, biologia, saúde, ciências sociais, 

entre outros setores do conhecimento.

Fonte: Planalto, com informações do MCTIC













09/10/2018 

Governo lança 9,4 mil vagas para tratamento de dependentes químicos

Contrato firmado com 412 unidades em todo o País vai destinar R$ 90 milhões para atendimento de usuários de drogas que se apresentem voluntariamente

Resultado de imagem para palacio do planalto

Comments